Alstroeméria – Uma Flor Muito Versátil

Alstroeméria – Uma Flor Muito Versátil

A Alstroeméria é uma planta pertencente à família Alstroemeria hybrida, ela é uma flor muito sensível e por isso devem ter alguns cuidados essenciais para que o seu desenvolvimento, crescimento e florescimento sejam perfeitos. Suas flores podem apresentar diversas cores únicas, mescladas e até degradê.

Essa planta pode ser cultivada de formas diferentes, no entanto tem o mercado voltado para planta de corte, pois seu uso está associado principalmente na decoração de ambientes, sendo utilizada em arranjos para eventos, mas também podem ser plantadas em canteiros e jardins.

A Alstroeméria é muito comum em países como o Peru, Chile e Brasil. Por serem muito delicadas essas flores não devem ter contato com o frio intenso ou geadas, além disso elas se desenvolvem melhor em locais com climas quentes e nas épocas de primavera e verão.

alstroemeria rosa

A Alstroeméria necessita de alguns cuidados essenciais para o seu cultivo.

Para quem não conhece muito as características dessa planta, é importante ficar atento a algumas informações. As alstroemérias necessitam de atenção quanto ao clima, temperatura, luminosidade e fertilização na época do desenvolvimento, pois essa fase faz muita diferença quando elas florescerem.

Essa é uma planta que não cresce muito alcançando no máximo 60 centímetros de altura e são vendidas em vasos ou como planta de corte, porém como a maioria das plantas é possível mudá-las de local após um algum tempo e produzir mais mudas.

A luminosidade é muito apreciada pela alstroeméria, por isso devem ser cultivadas em ambientes abertos como jardins ou cultivada em vasos, porém suas folhas são muito delicadas e podem queimar ou ficarem secas quando expostas diretamente aos raios solares.

O solo onde está a planta deve estar úmido, porém sempre deve haver um cuidado para que ela não fique encharcada, pois quando há excesso de água em contato com as raízes, elas podem adquirir algumas doenças como fungos e assim apodrecer.

Para que o solo tenha uma boa drenagem existem algumas dicas que podem ser seguidas, uma delas é a escolha de vasos que contenham furos de drenagem no fundo, se não encontrar esse tipo de vaso é possível fazer esses furos manualmente.

Outra dica muito boa é colocar uma camada de brita, cascalho ou qualquer tipo de solo com uma granulometria maior que o solo da planta no fundo do vaso ou misturado no solo do jardim, isso faz com que a água escoe mais facilmente e não acumule no solo.

A adubação deve ser feita em dois momentos e é de grande importância, já que o adubo fornece todos os nutrientes que a planta necessita para o seu crescimento. Deve ser feita quando há o plantio ou a mudança de local e através da adição regular de fertilizantes.

A poda deve ser feita sempre que haja flores secas ou mortas e quando há estagnação do crescimento, para que as flores se mantenham sempre renovadas, pois a flores crescem e morrem e a poda dá lugar ao surgimento de outras flores mais novas.

As Alstroemérias, assim como muitas outras plantas podem contrair fungos e pragas devido à falta de cuidado e isso faz com que as partes da planta sejam danificadas. Por isso é necessário a aplicação de inseticidas naturais para o controle dessas pragas. 

Alstroemerias cores variadas

Informações sobre a planta ajuda a utilizar as melhores técnicas para o cultivo.

A Alstroeméria deve ser cultivada antes de florescer a pleno sol ou na sombra com a presença do sol em alguns momentos do dia, pois essa é uma planta que precisa de climas mais quentes para se desenvolver bem, no entanto após o florescimento devem ser mantidas protegidas do sol.

Essa planta tem um desenvolvimento e crescimento muito rápido e se alastram ao redor com facilidade, por isso dependendo do local em que é plantada pode ser considerada como uma planta praga, atrapalhando o crescimento de outras flores.

As Alstroemérias têm uma curiosidade interessante, pois algumas espécies possuem raízes comestíveis, que são utilizadas na fabricação de alimentos, no entanto suas raízes podem ser tóxicas e provocar alergias apenas com o contato, por isso deve deixar animais e crianças fora do seu alcance.

Enfim, as Alstroemérias são sensíveis, delicadas e precisam de um cuidado especial para manter suas flores vistosas e saudáveis. Isso ocorre com um plantio feito de forma adequada e seguindo as informações específicas da planta para obter técnicas eficientes para o seu cultivo.

 

Veja Mais Tipos de Flores

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *